você está aqui: Página InicialProgramasDeficiênciaPrograma de Atividades Esportivas: Iniciação, Treinamento e Competição

Apresentação

Tem-se conhecimento que as atividades físicas possui um papel fundamental na vida do homem desde a antiguidade, mas o interesse das pessoas portadoras de deficiência pelas atividades esportivas de forma organizada iniciou-se após a 2ª Grande Guerra Mundial depois dos grandes benefícios demonstrados, através do esporte, pelo médico alemão Dr. Ludwig Guttman no hospital de Stoke Mandewille. A partir de então, várias modalidades esportivas vêm sendo adaptadas e praticadas pelos portadores de deficiência no intuito de mostrar à sociedade e a eles mesmos a sua capacidade de quebrar limites e desenvolver talentos esportivos.

No programa de atendimento às pessoas portadoras de deficiência, as atividades de iniciação e treinamento esportivo são desenvolvidas em parceria com as respectivas associações de deficiência, tanto no âmbito municipal como nacional e Comitê Paraolímpico Brasileiro.

Atualmente são oferecidas em forma de iniciação e treinamento as seguintes modalidades esportivas:

ATLETISMO

O atletismo, talvez seja a modalidade que mais opções de prática ofereça aos portadores de deficiência por ser uma modalidade com características individuais onde o aluno tem condições de realizar a iniciação e treinamento de algumas provas sem grandes requisitos de materiais sofisticados e caros. Contudo, para o desenvolvimento da alta performance é necessário o investimento em materiais adequados, como é o caso da cadeira de rodas de corrida e implementos de arremesso. As provas, os princípios e regras básicas são praticamente as mesmas da FIA, observando-se, naturalmente, as adaptações de acordo com a deficiência e sua classificação funcional.

Atualmente, o programa oferece condições de prática do atletismo, tanto de iniciação como de treinamento e participação em competições de nível regional, nacional e internacional, para os portadores de deficiência visual, física e mental.

BASQUETE

A modalidade de basquete oferecida pelo presente programa, é dividida em BASQUETE EM CADEIRA DE RODAS e BASQUETE PARA DM, ou seja, o primeiro destinados aos deficientes físico que utilizam cadeiras de rodas e o segundo para os deficientes mentais. A modalidade em si, não traz grandes diferenças quanto aos princípios, fundamentos e regras, na realidade o basquete em cadeiras de rodas é uma adaptação do basquete convencional onde os jogadores são classificados de acordo com sua capacidade funcional utilizando a cadeira de rodas específica de acordo com suas características individuais, onde são adaptadas, também, algumas regras para propiciar maior dinamismo e motivação no jogo. Para o desenvolvimento desta modalidade esportiva, o programa oferece além da estrutura física, também materiais e estagiários onde os mesmos têm condições de vivenciar a prática didática e metodológica do esporte com os portadores de deficiência, participando inclusive de eventos e campeonatos regionais e nacionais.

NATAÇÃO

A natação, além de oferecer inúmeras possibilidades de trabalho com as pessoas portadoras de deficiência quer seja na recreação, lazer e reabilitação, oferece, também, a oportunidade para que o portador de deficiência possa desenvolver capacidades e habilidades técnicas dos diferentes estilos de natação, compatíveis com sua limitação e participar de campeonatos regionais, nacionais e internacionais. As regras utilizadas na natação competitiva são as mesmas utilizadas pela FINA, salvo as adaptações realizadas pela seção de natação do Comitê Paraolímpico Internacional, cujo objetivo é o de proporcionar ao atleta portador de deficiência as condições necessárias para nadar respeitando suas limitações mas utilizando também o máximo de sua capacidade funcional. Diante disto, os atletas são divididos além de categorias de deficiência (VISUAL, FISICA, MENTAL), também em classes funcionais de acordo com o seu potencial funcional dentro d`água cujo objetivo principal é homogeneizar ao máximo as classes, tornando a competição mais justa e motivante.

Atualmente, oferecemos a oportunidade para aqueles alunos portadores de deficiência que queiram praticar a natação a possibilidade da iniciação, o aperfeiçoamento e o treinamento para competição, onde participam portadores de deficiência visual, mental e física.

GOALBALL

O Goalball é dos únicos esportes concebidos especificamente para os portadores de deficiência visual. O Goalball é jogado com uma bola sonora de 76 cm de diâmetro em uma quadra de 9mX18m e uma baliza de gol medindo 9m de comprimento por 1,30m de altura, três jogadores com vendas nos olhos formam cada equipe, independente de sua classe (B1, B2 ou B3). O objetivo do jogo é arremessar, com as mãos, a bola contra a meta adversária, marcando gol. Além de propiciar o desenvolvimento de diversas habilidades como agilidade, potência de membros superiores, percepção auditiva, noção de tempo/espaço, o jogo proporciona também um grande espírito de equipe e cooperação. Atualmente o programa oferece a possibilidade do portador de deficiência visual participar da iniciação e treinamento do goalball participando de competição regional e nacional. As atividades são desenvolvidas sob a orientação de um professor, monitor e estagiário do programa.

GINÁSTICA RÍTMICA E DANÇA

A Ginástica Rítmica e Dança, além de ser uma manifestação pura da expressão corporal do indivíduo, tornou-se também uma modalidade esportiva de competição na área da pessoa portadora de deficiência.

No que se refere ao esporte, ela desenvolve, em grande espectro, as capacidades físicas e as habilidades perceptivas essenciais ao crescimento, desenvolvimento e processo de maturação psicomotora do aluno. Quanto à expressão corporal, permitem o fluir da emotividade através da música, do movimento e implementos. Tanto a Ginástica Rítmica quanto a Dança, visam contribuir na melhoria da autoconfiança, da autoconsciência e do fortalecimento da imagem corporal da PPD, auxiliando também, na melhoria da postura, coordenação e comunicação.

(Programa desativado temporariamente)

FUTEBOL

O futebol continua sendo, dentro das modalidades esportivas, a grande paixão nacional e não poderia ser diferente entre as pessoas portadoras de deficiência. Diante disto, o programa de atendimento às pessoas portadoras de deficiência da UFU oferece duas formas de futebol com crianças e jovens portadores de deficiência mental. A primeira é o futebol unificado, ou seja, adolescentes e jovens portadores de deficiência mental leve têm a possibilidade de realizarem a aprendizagem e treinamento conjunto, desenvolvendo mais do que os fundamentos básicos do futebol, mas acima de tudo o espírito de equipe, de cooperação e naturalmente a socialização. A segunda diz respeito à aprendizagem e treinamento do futebol por deficientes mentais de nível moderado, onde as habilidades básicas de coordenação, ritmo, equilíbrio, noção tempo/espaço são enfatizadas de forma bastante acentuada, além dos fundamentos básicos do futebol e a socialização.

HÓQUEI SOBRE O PISO (ADAPTADO)

A atividade de hóquei sobre piso é uma atividade esportiva adaptada para a participação dos deficientes mentais sem a utilização dos patins e consiste em um jogo praticado em uma quadra de piso liso com dimensão mínima de de 12mX24m e máxima de 15mX28m e uma baliza de gol com as medidas de 1,80mX1,20mX0,60m, utilizando-se como implementos: bastões com o mínimo de 0,90m e no máximo 1,50m e uma circunferência de 2,5cm à 4cm , um disco vazado com diâmetro de 20cm e o orifício central de 10cm de diâmetro e capacetes e caneleiras de proteção. As equipes são compostas de 06 atletas em cada equipe. O objetivo do jogo consiste em conduzir o disco com o bastão e fazer o gol na equipe adversária. As modalidades desenvolvidas atualmente são: Equipe unificada (crianças e jovens não portadores de deficiência e deficientes mentais leves); regular (deficientes mentais leves e moderados) e habilidades individuais (destinados a deficientes mentais moderados e que não apresentam condições de participar do jogo coletivo)

Universidade Federal de Uberlândia
Av. Engenheiro Diniz, 1178 - Cx. Postal: 593 - CEP: 38.400-902 - Uberlândia - Minas Gerais - Brasil

Diretoria de Processamento de Dados - DIRPD
Equipe de Desenvolvimento WEB

Valid XHTML 1.0 Strict Valid CSS! Valid XHTML 1.0 Transitional